EXAME CONFIRMA MENINGITE TIPO C COMO CAUSA DA MORTE DE CRIANÇA DE AMERICANA


Um exame do laboratório Adolfo Lutz confirmou como meningite bacteriana tipo C como a causa da morte da criança Erick Prado Paschoal, 10 anos, morador no Jardim Primavera, em Americana (SP). O menino morreu na quarta – feira (30/8), no Hospital Estadual de Sumaré (SP). A informação é da assessoria de imprensa da prefeitura de Americana que emitiu a seguinte a nota:

A Vigilância Epidemiológica recebeu hoje (4/9) do Instituto Adolfo Lutz, o resultado do exame da criança que faleceu com suspeita de doença meningocócica no dia 30 de agosto.

 

De acordo com o resultado do Instituto, a morte foi decorrente de doença meningocócica causada pela bactéria Neisseria meningiditis – sorogrupo C, mais conhecida como meningococo C.

 

Foram realizados todos os procedimentos de prevenção e controle junto às pessoas que tiveram contatos íntimos prolongados, no caso os familiares da criança, que foram medicados com antibiótico Rifampicina.

 

No CIEP do bairro Cidade Jardim, a Vigilância realizou orientação aos professores e demais funcionários, para observarem sintomas pelo período de 30 dias, além de orientações gerais sobre a doença.

 

Importante destacar que apesar da ocorrência do caso, as aulas no CIEP não precisarão ser suspensas, já que se trata de um caso isolado sem qualquer evidência de surto. Além disso, o monitoramento que será mantido de agora em diante pelos professores e demais funcionários consiste na observação de sintomas que, se verificado em algum indivíduo, este deverá procurar assistência médica relatando ter tido contato com a vítima da doença.

 

Essas são medidas determinadas pelo Ministério da Saúde em protocolo de vigilância epidemiológica sobre ocorrência de doença meningocócica. Imagem: Facebook


Facebook

Publicado em: 4 de setembro de 2017 Autor: keller stocco Categoria: SAUDE


POSTS RECENTES