28

ago

2021

Americana começa a vacinação em adolescentes de 15 a 17 anos sem comorbidades

Postado por: keller stocco

Americana começa na próxima segunda-feira (30) a vacinação contra a Covid-19 em adolescentes de 15 a 17 anos sem comorbidades. Neste sábado (28), o município recebeu 6.354 doses da Pfizer. O agendamento deve ser feito no www.saudeamericana.com.br. No ato da imunização, os menores de idade devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis legais e apresentar CPF ou Cartão SUS, a carteira de vacinação e um comprovante de endereço em nome dos pais ou seus responsáveis legais. Na ausência de um responsável presencialmente, o adolescente deverá levar um termo de consentimento preenchido e assinado pelo responsável legal. Para obter o termo, ele deverá procurar uma unidade básica de saúde ou acessar o site Secretaria de Saúde. Já a ‘xepa’ da vacina também está liberada para adolescentes de 14 anos sem comorbidades. Os interessados devem deixar nome e telefone em qualquer posto de saúde.


VEJA MAIS

0 Comentários

25

ago

2021

Governo de SP anuncia 3ª dose da vacina para pessoas com mais de 60 anos

Postado por: keller stocco

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou no começo da tarde de hoje (25) a 3ª dose da vacina contra a Covid-19 em pessoas com mais de 60 anos a partir do dia 6 de setembro. Mais cedo, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse que o instituto está preparado para a terceira dose da CoronaVac na população idosa. Covas afirmou que além das doses que serão destinadas a finalizar o contrato de 54 milhões de doses da vacina ao Ministério da Saúde, mais 26 milhões estão em processamento.

Brasil

Na noite desta terça-feira (24) o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou a 3ª dose da vacina contra a Covid-19 em idosos com mais de 80 anos e pessoas imunossuprimidas (transplantadas recentemente, com câncer e outras patologias) que tomaram a segunda dose da vacina há pelo menos seis meses. A dose de reforço será aplicada a partir do dia 15 de setembro. A data foi escolhida porque, segundo o ministro, pelos cálculos do Ministério da Saúde, toda a população com mais de 18 anos já vai ter sido vacinada com pelo menos a primeira dose da vacina. O imunizante escolhido pra dose de reforço será a Pfizer. O ministro também afirmou que o intervalo entre os imunizantes da Pfizer e da AstraZeneca devem diminuir de 12 para 8 semanas, como acontece no Reino Unido.


VEJA MAIS

0 Comentários

25

ago

2021

Ministro da Saúde anuncia 3ª dose da vacina para idosos

Postado por: keller stocco

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou na noite dessa terça-feira (24) a 3ª dose da vacina contra a Covid-19 em idosos com mais de 80 anos e pessoas imunossuprimidas (transplantadas recentemente, com câncer e outras patologias) que tomaram a segunda dose da vacina há pelo menos seis meses. A dose de reforço será aplicada a partir do dia 15 de setembro. A data foi escolhida porque, segundo o ministro, pelos cálculos do Ministério da Saúde, toda a população com mais de 18 anos já vai ter sido vacinada com pelo menos a primeira dose da vacina. O imunizante escolhido pra dose de reforço será a Pfizer. O ministro também afirmou que o intervalo entre os imunizantes da Pfizer e da AstraZeneca devem diminuir de 12 para 8 semanas, como acontece no Reino Unido.


VEJA MAIS

0 Comentários

23

ago

2021

Americana libera cadastro para ‘xepa’ da vacina para adolescentes de 17 anos

Postado por: keller stocco

A Secretaria de Saúde de Americana liberou, na manhã de hoje (23), o cadastro da “xepa” da vacina contra a Covid-19 para adolescentes de 17 anos sem comorbidades. Para receber a dose da Pfizer que sobra no frasco no fim do dia, o jovem deve deixar nome e telefone em qualquer posto de saúde.


VEJA MAIS

0 Comentários

22

ago

2021

Pfizer entrega mais de 2,1 milhões de doses da vacina neste domingo

Postado por: keller stocco

O Brasil recebeu hoje (22) 2.152.800 doses da vacina da Pfizer. A primeira parte dos imunizantes chegou no início da manhã e outra chegou à tarde. O primeiro carregamento, com 1.076.400 doses, pousou no aeroporto de Viracopos, em Campinas, por volta das 7h30. O segundo avião chegou por volta das 16h. Com estes dois lotes, a Pfizer totaliza 47.947.770 doses entregues ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, desde o dia 29 de abril. Um novo cronograma de entrega será iniciado na próxima terça-feira (24). O contrato firmado com a farmacêutica prevê a entrega de 200 milhões de doses ao Brasil. O cronograma deve ser cumprido até o final de 2021.


VEJA MAIS

0 Comentários

20

ago

2021

Americana recebe quase 9 mil doses e segue com a vacinação neste sábado

Postado por: keller stocco

A Secretaria de Saúde de Americana recebeu hoje (20), 8.952 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 7.290 da CoronaVac, que serão utilizadas para a  segunda dose e 1.662 da Pfizer, para a primeira dose. A imunização segue neste sábado (21) e o cidadão deve agendar o procedimento no www.saudeamericana.com.br


VEJA MAIS

0 Comentários

20

ago

2021

SBO começa vacinação em adolescentes de 12 a 15 anos com comorbidades

Postado por: keller stocco

Santa Bárbara d’Oeste começa amanhã (21) a vacinação contra a Covid-19 para adolescentes de 12 a 15 anos com comorbidades, deficiência permanente, gestantes e puérperas. A imunização ocorrerá das 8 às 13 horas nos ginásios municipais “Djaniro Pedroso” (Rua Prudente de Moraes, 250, Centro), e “Mirzinho Daniel” (Rua Bororós, s/nº, Jardim São Francisco), e na Casa de Maria (Rua Mococa, 510, Jardim das Laranjeiras). Não há necessidade de agendamento. A imunização também segue nestes locais para adolescentes de 16 e 17 anos com comorbidades, deficiência permanente, gestantes e puérperas, pessoas com 18 anos ou mais, com e sem comorbidades, grávidas e puérperas (mulheres que deram à luz num período de até 45 dias) com e sem comorbidades com 18 anos ou mais, pessoas com deficiência permanente, cadastradas ou não no BPC com 18 anos ou mais; pessoas com Síndrome de Down; profissionais da Educação com 18 anos ou mais e profissionais da Saúde. A 2ª dose da vacina também é aplicada em um dos três pontos de imunização já citados. Para tomar a primeira dose, todos devem apresentar documento com foto, CPF e comprovante de endereço atualizado com data de 2021. Caso a pessoa não possua comprovante de endereço em seu nome, é preciso comprovar residência no município por grau de parentesco – de 1º grau (pai, mãe ou filhos) ou do cônjuge (esposa ou marido) via certidão de casamento – contrato de aluguel com firma reconhecida em cartório ou ainda com declaração de próprio punho também reconhecida em cartório, além de outros comprovantes. Para alguns grupos prioritários, além do CPF e comprovante de endereço no nome, também é necessário apresentar outros documentos comprobatórios. No caso dos adolescentes com comorbidades devem comprovar o tipo de comorbidade apresentado (lista abaixo), por meio de cópias de carta ou atestado médico, além de exames e receitas, caso necessário. Essas cópias ficarão retidas nos pontos de vacinação. Já adolescentes com Deficiência Permanente poderão comprovar a condição por meio da apresentação de laudo médico que indique a deficiência, ou comprovação de atendimento em Centro de Reabilitação ou unidade especializada, ou documento oficial com indicação da deficiência, ou cartões de gratuidade do transporte público e ou ainda autodeclaração (na ausência de outro tipo de documento). As adolescentes grávidas devem comprovar estado gestacional, por meio da caderneta da gestante, ou cópia de carta ou atestado médico, e no caso das puérperas (45 dias após o parto), apresentar declaração do nascimento da criança.

  • Comorbidades

As comorbidades definidas para prioridade na vacinação são: doenças cardiovasculares, incluindo insuficiência cardíaca, hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndrome coronariana, valvopatia, miocardiopatia e pericardiopatia, doença da aorta, doença dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas, arritmia cardíaca, cardiopatias congênitas, próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; diabetes, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial resistente, hipertensão arterial estágio 3, hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo, doença cerebrovascular, doença renal crônica, imunossuprimidos, anemia falciforme, obesidade mórbida, cirrose hepática e HIV.

  • Autorização pelos pais e/ou responsáveis legais

A vacinação para adolescentes de 12 a 17 anos no Estado de São Paulo deve ter a autorização dos pais e/ou responsáveis legais. É necessário que sejam acompanhados de um adulto responsável, podendo esse proceder com a autorização verbal para o ato de vacinação.

Caso não haja a presença de um adulto responsável, a vacinação poderá ocorrer mediante a apresentação de termo de assentimento no link https://is.gd/termovacinacao devidamente preenchido e assinado pelos pais e /ou responsáveis legais, de acordo com o disposto no art. 142 do Estatuto da Criança e do Adolescente. Esse termo ficará retido nos pontos de vacinação.

.


VEJA MAIS

0 Comentários

18

ago

2021

Em Americana, HM reduz leitos de UTI Covid

Postado por: keller stocco

O Hospital Municipal (HM) Dr. Waldemar Tebaldi informou nesta terça-feira (17) que por conta da baixa taxa de ocupação das últimas semanas, a partir de sexta-feira (20) haverá a redução de 30 para 20 os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para Covid-19. Já os leitos de enfermaria continuam com a mesma capacidade, sendo 35 no total. Nesta terça-feira (17), dos 30 leitos existentes, nove estavam com pacientes. Uma taxa de ocupação de 30%. A decisão foi tomada após avaliações da equipe técnica em relação às últimas taxas de ocupação dos leitos de UTI, com a diminuição das internações, em grande parte proporcionada pelo avanço da vacinação no município. Além dos 20 leitos de UTI e 35 de enfermaria, o HM também irá manter dois médicos exclusivos para atuarem no atendimento à doença. A tendência de queda também se reflete nos hospitais particulares da cidade. O Hospital São Lucas está com 80% de ocupação, mas em contrapartida não havia nenhum paciente em leitos de enfermaria na segunda-feira (16), fato que se repetiu nesta terça-feira (17). O Hospital São Francisco está com 30% de ocupação e o da Unimed, com 44,45%. Já a taxa geral de ocupação de leitos para Covid-19 no município é de 41,18% de leitos de UTI ( de 68 leitos, sendo 28 ocupados) e de 23,69% de leitos de enfermaria ( de 76 leitos, sendo 18 ocupados).


VEJA MAIS

0 Comentários

17

ago

2021

Americana reduz para 12 anos vacinação contra Covid em adolescentes com comorbidades

Postado por: keller stocco

A Secretaria de Saúde de Americana informou na noite de hoje (17) que a faixa etária para a vacinação contra a Covid-19 em adolescentes com comorbidades baixou de 16 para 12 anos. Além dos portadores de comorbidades, também serão imunizados os adolescentes portadores de deficiência permanente, além de grávidas e puérperas. No ato da vacinação os menores devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis legais e apresentar CPF ou Cartão SUS, a carteira de vacinação e um comprovante de endereço em nome dos pais ou seus responsáveis legais. Na ausência de um responsável presencialmente, o adolescente deverá levar um termo de consentimento preenchido e assinado pelo responsável legal. Para obter o termo, ele deverá procurar uma unidade básica de saúde ou acessar o site Secretaria de Saúde. A vacinação começa amanhã (18) e deve ser agendada no www.saudeamericana.com.br

Relação de comorbidades

Diabetes Mellitus

Pneumopatias crônicas graves

Hipertensão arterial resistente (HAR)

Hipertensão arterial estágio 3

Hipertensão arterial estágio 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade

Insuficiência cardíaca (ICC)

Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar

Cardiopatia hipertensiva

Síndromes coronarianas

Valvopatias

Miocardiopatias e Pericardiopatias

Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas

Arritmias cardíacas

Cardiopatias congênitas no adulto

Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados

Doença neurológica crônica

Doença renal crônica

Imunossuprimidos (Portadores de HIV, transplantados, pacientes oncológicos, entre outros…)

Hemoglobinopatias graves

Obesidade mórbida

Síndrome de Down

Cirrose hepática


VEJA MAIS

0 Comentários

17

ago

2021

Americana começa vacinação em adolescentes de 16 e 17 anos com comorbidades

Postado por: keller stocco

Americana começa nesta quarta-feira (18) a vacinação contra a Covid-19 nos adolescentes de 16 e 17 anos, portadores de comorbidades, gestantes ou puérperas e deficientes permanente. A imunização deve ser agendada no  www.saudeamericana.com.br. No ato da vacinação os menores devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis legais e apresentar CPF ou Cartão SUS, a carteira de vacinação e um comprovante de endereço em nome dos pais ou seus responsáveis legais. Na ausência de um responsável presencialmente, o adolescente deverá levar um termo de consentimento preenchido e assinado pelo responsável legal. Para obter o termo, ele deverá procurar uma unidade básica de saúde ou acessar o site Secretaria de Saúde. A comprovação das comorbidades (ver relação abaixo), que são as mesmas do público adulto, deverá ser feita por meio de receitas, relatórios médicos e laudos detalhados sobre a doença, sendo que os pais (ou responsáveis) deverão assinar um termo comprovando sua veracidade. Com exceção das receitas médicas, os demais documentos ficarão retidos na unidade em que a vacina for aplicada.

Esquema de imunização para amanhã

Primeira dose:

Receberão a primeira dose, pessoas portadoras de comorbidades, gestantes e puérperas, profissionais da Educação e portadores de deficiência permanente, todos com 18 anos ou mais; adolescentes portadores de comorbidades, gestantes ou puérperas e deficientes permanentes, com idade entre 16 e 17 anos e moradores com 18 anos ou mais.

Segunda dose:

A segunda dose está sendo aplicada na população em geral, de acordo com o prazo determinado pelo imunizante recebido na primeira aplicação, conforme anotação no cartão de vacinação.

Comorbidades

Diabetes Mellitus

Pneumopatias crônicas graves

Hipertensão arterial resistente (HAR)

Hipertensão arterial estágio 3

Hipertensão arterial estágio 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade

Insuficiência cardíaca (ICC)

Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar

Cardiopatia hipertensiva

Síndromes coronarianas

Valvopatias

Miocardiopatias e Pericardiopatias

Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas

Arritmias cardíacas

Cardiopatias congênitas no adulto

Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados

Doença neurológica crônica

Doença renal crônica

Imunossuprimidos (Portadores de HIV, transplantados, pacientes oncológicos, entre outros…)

Hemoglobinopatias graves

Obesidade mórbida

Síndrome de Down

Cirrose hepática


VEJA MAIS

0 Comentários

POSTS RECENTES

Páginas:«1234567...70»