22

mai

2019

EXAME DESCARTA MORTE POR DENGUE EM AMERICANA

Postado por: keller stocco

A Vigilância Epidemiológica de Americana informou, nesta terça-feira (21), que o resultado do exame do aposentado Milton Benedicto, 69 anos, morador do bairro São Domingos, realizado pelo Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, deu NEGATIVO para dengue. O homem faleceu no Hospital Municipal no dia 10 de Abril.

Além da dengue, o exame também resultou como NÃO REAGENTE para leptospirose, febre amarela e febre maculosa.

A Vigilância agora aguarda a avaliação do GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica) de Campinas, para o encerramento do caso.

Os exames dos outros pacientes ainda seguem sob investigação.

Fonte: Assessoria de Imprensa.


VEJA MAIS

0 Comentários

16

mai

2019

AMERICANA REGISTRA A SEXTA MORTE SUSPEITA DE DENGUE

Postado por: keller stocco

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Americana informou na manhã desta quinta-feira (16) que um idoso de 82 anos, pode ter morrido de dengue na última terça (14). Antonio Venâncio, morava na Vila Dainese, e faleceu no Hospital Unimed. O município já registra 6 mortes por febre hemorrágica nesse ano. A assessoria de imprensa emitiu a seguinte nota:

A Vigilância Epidemiológica informa que recebeu notificação nesta quinta-feira (16)  da sexta morte por febre hemorrágica, com suspeita de dengue. Trata-se de A. V., de 82 anos, morador do bairro Vila Dainese, em Americana.

O paciente passou no dia 6 de maio no Hospital Unimed, de Americana, apresentando febre, dor no corpo, dores de cabeça e queda de plaquetas, com hipótese diagnóstica para dengue.

No mesmo dia, ele foi internado no Hospital Santa Bárbara – Santa Casa de Misericórdia, permanecendo lá até o dia 10 de maio, quando teve piora do quadro e precisou ser novamente transferido ao Hospital Unimed, de Americana, onde permaneceu na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), vindo a falecer no dia 14.

A vigilância aguarda agora o resultado dos exames do material enviado ao Instituto Adolfo Lutz, para confirmação da suspeita.


VEJA MAIS

0 Comentários

15

mai

2019

SOBE PARA 1.543 O NÚMERO DE CASOS POSITIVOS DE DENGUE, EM AMERICANA

Postado por: keller stocco

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Americana informou na tarde desta quarta-feira (15) que subiu para 1.543 o número de casos positivos de dengue nesse ano, em Americana. Os bairros com maior incidência são Antonio Zanaga, Jardim América II, Jardim da Paz, Nova Carioba, Santa Catarina, São Domingos, São Jerônimo, São Manoel e Santa Maria. O município registrou 5 mortes por febre hemorrágica. Os óbitos estão sendo investigados pelo Instituto Adolfo Lutz.


VEJA MAIS

0 Comentários

14

mai

2019

COMBATE À DENGUE TERÁ APOIO DE ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS, EM AMERICANA

Postado por: keller stocco

Em reunião realizada na terça-feira (14) na sede da Secretaria Municipal de Saúde, representantes de várias entidades, públicas e privadas, se comprometeram junto aos secretários de saúde, Gleberson Miano, e o do Meio Ambiente, Odair Dias, se engajarem nas ações de conscientização sobre a dengue, colaborando com uma força-tarefa para produção de material gráfico, mobilização social e apoio institucional que poderá viabilizar ajuda financeira para ações específicas contra a doença.

Além da Secretaria de Saúde e Meio Ambiente, a reunião contou com representantes da Diretoria Regional de Ensino, Corpo de Bombeiros, GPN-10 (Grupo Sociedade Organizada da Praia dos Namorados), Secretaria Municipal de Educação, Comdema (Conselho Municipal do Meio Ambiente), Secretaria de Obras e Serviços Urbanos e os convênios médicos, São Lucas Saúde, Unimed e Samaritano.

O coordenador da vigilância ambiental, Antônio Jorge da Silva Gomes, apresentou os dados atuais dos casos de dengue, bem como todas as ações que o município realiza por meio do PMCD (Programa Municipal de Controle da Dengue). Em seguida foram discutidas propostas para o enfrentamento da atual epidemia que vem causando aumento no fluxo de atendimento pré-hospitalar em decorrência do número de vitimas do mosquito Aedes aegypti.

Um exemplo desse aumento foi o número de pessoas atendidas no pronto-atendimento de um hospital particular, que alcançou a marca de 446 pacientes no prazo de 24 horas, aumento de 63% segundo um dos representantes dos hospitais particulares do município.  Já no serviço da rede pública o problema é ainda maior, considerando que no mesmo período o Hospital Municipal atendeu mais de 900 pessoas, segundo o secretário de Saúde, devido ao aumento na demanda causada em grande parte pelos casos de pessoas que procuram o serviço assistencial com sintomas da dengue.

Para o secretário de Saúde, a união dos diversos segmentos irá proporcionar ações efetivas no combate à dengue. Ele frisou, no entanto, que o combate precisa ser continuado e não apenas nos momentos de transmissão.  “Frisando que não é importante a gente combater só agora, foi até um apelo meu para que a gente mantenha esse contato contínuo, que a gente faça reunião, se mobilize, não só nesse momento, mas pra que isso [epidemia] também não ocorra no próximo ano”, destacou Gleberson.

Para o secretário do Meio Ambiente, a responsabilidade compartilhada é uma das armas a serem utilizadas para o enfrentamento da atual epidemia de dengue. “Com as ações compartilhadas a gente vai conseguir atingir muito mais pessoas e obter resultados muito melhores. O mais interessante é que nós já saímos com as metas estabelecidas, e nos próximos dias nós estaremos reunidos novamente já com as ações concretas, cada um com a sua responsabilidade, para que esse problema seja minimizado o quanto antes e com o maior êxito possível”, pontuou Dias.

Dia D

Visando chamar a atenção das pessoas sobre os riscos da doença, a dirigente regional de ensino, Joseana Caltarossa Moreira, se prontificou em promover um dia de mobilização popular, o chamado “Dia D”. Para isso, a Diretoria Regional de Ensino irá contatar os diretores e professores das 80 escolas públicas e 34 particulares dentro de sua área de abrangência, que atualmente, segundo a dirigente, conta com aproximadamente 30 mil alunos.

De acordo com Joseana, a mobilização deverá ser realizada nos próximos 20 dias, considerando que será preciso fazer uma ampla divulgação e organizar o evento junto às instituições de ensino. A dirigente também propôs discutir nas escolas o descarte irregular de lixo e entulho, cujos criadouros do mosquito se concentram em grande parte nos locais de descartes, geralmente em terrenos baldios.

Além da proposta de mobilização e conscientização, ficou definido que o grupo será permanente, inclusive com novos participantes. Também houve consenso de que será necessário estender o convite para os secretários de saúde de Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste, municípios limítrofes, cuja oferta de criadouros, e consequente proliferação do Aedes aegypti, não vislumbra barreiras físicas, sendo necessário agir de forma integrada para evitar que os esforços tornem-se inócuos. A próxima reunião ficou marcada para o dia 20 de maio, no mesmo local.

Fonte e imagem: Assessoria de Imprensa.


VEJA MAIS

0 Comentários

09

mai

2019

VENDEDOR MORRE COM SUSPEITA DE DENGUE EM AMERICANA

Postado por: keller stocco

Um vendedor de 57 anos morreu na madrugada desta quinta-feira (9) com suspeita de dengue, em Americana.

Vanderlei Lázaro Rodrigues estava internado no Hospital Unimed, e o corpo foi encaminhado para o Serviço de Verificação de Óbito (SVO), em Santa Bárbara D’Oeste. Vanderlei morava no bairro Frezarin, e era vendedor de cimento, e muito querido por amigos e familiares. Ele deixa a esposa Silmeire Gobbo e o filho Felipe, de 15 anos. O corpo será velado a partir das 16h, desta quinta, no velório da Saudade, e o sepultamento está marcado para às 10h, de sexta-feira (10), no cemitério da Saudade, em Americana.

Até o fechamento dessa matéria, a Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Americana, ainda não havia sido comunicada sobre o óbito. Até quarta (8), quatro mortes por doenças hemorrágicas estavam sendo investigados no município.

ATUALIZAÇÃO:

Ainda manhã desta quinta-feira (9) a assessoria de imprensa da prefeitura emitiu a seguinte nota:

A Secretaria de Saúde de Americana, por meio da Vigilância Epidemiológica, confirmou nesta quinta-feira (9) a notificação da quinta morte por febre hemorrágica neste ano, que será investigada para diversas doenças infecciosas. Trata-se de um homem (V.L.R), 57 anos, morador do bairro Frezzarin. Ele deu entrada na quarta-feira (8) no Hospital Unimed e faleceu na madrugada de hoje (9) em consequência de febre hemorrágica. A morte está sendo investigada com suspeita para dengue, febre maculosa e leptospirose.

O município ainda aguarda o resultado da investigação de outras quatro mortes: um homem de 69 anos (M.B.), morador do bairro São Domingos, que teve material coletado para dengue, febre maculosa, febre amarela e leptospirose (morte no dia 10/04); um homem de 43 anos (R.J.G.), morador do bairro Cariobinha, com suspeita de dengue, febre maculosa, febre amarela e leptospirose (morte no dia 14/04); uma mulher de 48 anos (V.L.S.), moradora do bairro São Roque, cuja morte é suspeita de dengue e H1 N1 (morte em 25/04); um homem de 79 anos (G.A.O), morador do bairro Santa Maria, morreu com suspeita de dengue no dia 1º de maio.

A Vigilância vem acompanhando os casos que aguardam resultado de exame laboratorial, feito no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Já em relação às ações de campo, o PMCD (Programa Municipal de Controle da Dengue) vem realizando diversas atividades, inclusive atuando aos sábados. Na última atualização da dengue, feita no dia 8 de maio, o município contabilizava 2.617 casos suspeitos da doença, sendo confirmados 1.357 casos.

 


VEJA MAIS

0 Comentários

08

mai

2019

SOBE PARA 1357 O NÚMERO DE CASOS POSITIVOS DE DENGUE EM AMERICANA

Postado por: keller stocco

Subiu para 1357 o número de casos positivos de dengue de janeiro a abril desse ano, em Americana. Os bairros com maior incidência da doença ainda são Antonio Zanaga, Jardim América II, Jardim da Paz, Nova Carioba, Santa Catarina, São Domingos, São Jerônimo, São Manoel e Santa Maria. A assessoria de imprensa da prefeitura ainda informou que 4 mortes estão sendo investigadas por doenças hemorrágicas.


VEJA MAIS

0 Comentários

07

mai

2019

SANTA BÁRBARA D’OESTE REGISTRA DUAS MORTES SUSPEITAS POR DENGUE

Postado por: keller stocco

Duas moradoras de Santa Bárbara D’Oeste morreram com suspeita de dengue entre sexta (3) e domingo (5) , no Pronto-Socorro Edson Mano.

Na sexta, faleceu Maria Ferreira dos Santos, de 74 anos, residente no Jardim Europa. E domingo, por volta da 1h, morreu a vendedora Eliane Fantausse Pereira, de 43 anos (imagem). Ela morava na Cidade Nova, e trabalhava em uma loja de roupas no bairro São Vito, em Americana.

Os exames foram coletados e enviados para o Instituto Adolfo Lutz. Imagem: Facebook

 


VEJA MAIS

0 Comentários

04

mai

2019

SOBE PARA 4 O NÚMERO DE MORTES POR SUSPEITA DE DENGUE EM AMERICANA

Postado por: keller stocco

Aumentou para quatro o número de mortes investigadas para diversas doenças infecciosas, como dengue, febre maculosa e gripe. A Secretaria de Saúde de Americana, por meio da Vigilância Epidemiológica, informou que, dessas quatro mortes, três ocorreram em abril, sendo um homem de 69 anos, morador do bairro São Domingos, que teve material coletado para dengue, febre maculosa e leptospirose; um homem de 43 anos, morador do bairro Cariobinha, com suspeita de dengue, febre maculosa, febre amarela e leptospirose; e uma mulher de 48 anos, moradora do bairro São Roque, cuja morte é suspeita de dengue e H1 N1. Já no mês de maio, um homem de 79 anos, morador do bairro Santa Maria, morreu com suspeita de dengue.

A vigilância vem acompanhando os casos que aguardam resultado de exame laboratorial, feito no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Já em relação às ações de campo, o PMCD (Programa Municipal de Controle da Dengue) vem realizando diversas atividades, inclusive atuando aos sábados, com aplicação de inseticida em diversas regiões da cidade. Na última atualização da dengue, feita no dia 2 de maio, o município contabilizava 2.430 casos suspeitos, sendo confirmados 1.251 casos.

Fonte: Assessoria de Imprensa.


VEJA MAIS

0 Comentários

04

mai

2019

CORDENONSI RECEBE NEBULIZAÇÃO CONTRA DENGUE NESTE SÁBADO

Postado por: keller stocco

O PMCD (Programa Municipal de Controle da Dengue), dando prosseguimento às ações de combate à dengue em Americana, irá realizar nebulização de inseticida neste sábado (4) no bairro Cordenonsi, que atualmente conta com 20 casos confirmados da doença. A atividade deverá se estender na segunda-feira (6) para garantir a cobertura da área delimitada, em torno de 60 imóveis. O trabalho será realizado das 8h às 12h pela empresa Sime Prag do Brasil, contratada pela Prefeitura para reforçar as ações do programa municipal.

Além da nebulização, uma equipe de agentes estará em frente ao supermercado São Vicente do bairro Vila Galo, das 14h às 20h, realizando ações educativas e de conscientização aos consumidores do local.

A nebulização é feita compreendendo um limite de até nove quarteirões a partir do local de residência do morador infectado. Ainda de acordo com o programa, os bairros são selecionados por critérios epidemiológicos, considerando o período em que as pessoas infectadas apresentam os sintomas e, portanto, ainda podem transmitir a doença para outros mosquitos, que podem dar sequência no ciclo de transmissão.

Dessa forma, o PMCD esclarece que a aplicação de inseticida não é feita simplesmente pelo fato de haver incidência de mosquito em determinado bairro, mas o programa segue as normas técnicas do Ministério da Saúde, que recomenda usar o inseticida apenas em locais com transmissão em curso, cujas pessoas infectadas ainda se encontram dentro do período de viremia, janela de tempo em que o organismo apresenta manifestações da doença e, portanto, estão aptas a transmitir o vírus a eventuais mosquitos Aedes aegypti que vierem picá-las.  Vale destacar que o uso do inseticida é o último recurso a ser empregado no combate à dengue, já que a principal medida de prevenção é a eliminação dos criadouros, locais e objetos que possam acumular água, principalmente de chuvas.

O PMCD recomenda aos moradores para que, no momento da aplicação do inseticida, deixem portas e janelas abertas, retirem do imóvel todos os animais domésticos, assim como roupas dos varais, e aguardem na calçada do lado oposto. No caso de haver recém-nascido, pessoa acamada ou com problemas respiratórios e alérgicos, os moradores devem informar os técnicos para receber a orientação devida sobre como proceder.

A Secretaria de Saúde pede à população para que colabore com os trabalhos dos agentes, permitindo a entrada nos imóveis, além de evitar qualquer tipo de recipiente que possa acumular água, locais onde o mosquito Aedes aegypti se reproduz, como latas, pneus, calhas entupidas, caixa d água sem tampa, embalagens em geral, pratos de xaxins, entre outros. Em caso de imóveis ou áreas suspeitas, a população deve contatar o SAC da Prefeitura, pelo número 3475-9024.

Os principais sintomas da dengue são febre alta e persistente, dor no fundo dos olhos, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, sendo que em alguns casos podem ocorrer náuseas, vômitos e manchas avermelhadas pelo corpo. Em caso de suspeita, pede-se para evitar a automedicação, já que os analgésicos à base de ácido acetilsalicílico podem provocar hemorragias graves. O ideal é procurar pelo serviço de saúde, para que seja prescrita a medicação adequada, ingerir líquido em abundância e permanecer em repouso.

 Fonte: Assessoria de Imprensa.


VEJA MAIS

0 Comentários

02

mai

2019

AMERICANA DISPONIBILIZA 8 POSTOS DE SAÚDE PARA O DIA D DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE

Postado por: keller stocco

Com o objetivo de ampliar a cobertura vacinal em todos os grupos prioritários elegíveis ( idosos com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas (até 45 após o parto), trabalhadores da Saúde, professores, pessoas com doenças crônicas, indígenas, policiais, guardas municipais, bombeiros e integrantes das Forças Armadas), para receber a vacina contra a gripe, a Unidade de Atenção à Saúde e a Vigilância Epidemiológica do município irão promover neste sábado, dia 4 de maio, o dia D para reforço na campanha. Cerca de 60 profissionais estarão diretamente envolvidos nesse dia específico da campanha.

Para atender a população, oito unidades permanecerão abertas, das 8h às 17h, sendo as dos bairros Vila Mathiensen, Praia Azul, São Vito, Parque da Liberdade, Antônio Zanaga, Jardim Brasil, Parque das Nações e Jardim São Paulo. De acordo com a vigilância epidemiológica, serão disponibilizadas 30 mil doses apenas para o sábado de vacinação.

Saúde bucal

Paralelamente ao trabalho de vacinação contra a gripe a equipe do setor de saúde bucal irá realizar ações específicas de prevenção ao câncer de boca. Serão 16 dentistas e oito auxiliares de odontologia que irão atuar com avaliações nos pacientes.

Nos casos em que for detectada alguma alteração, seja no lábio, gengiva, língua, bochecha ou céu da boca, o dentista irá encaminhar o paciente ao cirurgião bucomaxilofacial, com data previamente agendada, para cuidados específicos.

Fonte: Assessoria de Imprensa.


VEJA MAIS

0 Comentários