15

set

2021

Rei Pelé tem alta da UTI de hospital em SP

Postado por: keller stocco

O tricampeão de futebol Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas continua em recuperação no Hospital Albert Einstein, na capital paulista. Segundo boletim médico divulgado na tarde desta terça-feira(14), o ex-jogador “apresenta boa condição clínica”. No último dia 4, Pelé foi submetido a uma cirurgia para retirada de um tumor no cólon direito, descoberto durante exames cardiovasculares e laboratoriais de rotina, e o material retirado foi encaminhado para análise patológica. Nas redes sociais, o Rei do Futebol publicou a seguinte mensagem:

“Meus amigos, esse é um recado para cada um de vocês. Não pensem, por um minuto sequer, que eu não li as milhares de mensagens de carinho que recebi por aqui. Muito obrigado a cada um de vocês por dedicarem um minuto do seu dia para me enviar boas energias. Amor, amor e amor! Eu já saí da UTI e estou no meu quarto. Continuo cada dia mais alegre, com muita disposição para jogar 90 minutos, mais a prorrogação. Estaremos juntos em breve!”


VEJA MAIS

0 Comentários

06

set

2021

Pelé está internado no Hospital Albert Einstein

Postado por: keller stocco

Edson Arantes do Nascimento, de 80 anos, o Pelé, está internado desde a semana passada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, após a realização de alguns exames. A internação foi confirmada por alguns amigos do “Rei do Futebol”, mas a causa da permanência não foi revelada. Pelé deu entrada no hospital na última terça-feira (31). Ele faria exames de rotina em função da pandemia, porém ficou  em observação médica.


VEJA MAIS

0 Comentários

05

set

2021

Anvisa cancela partida entre Brasil e Argentina

Postado por: keller stocco

Agentes da Polícia Federal (PF) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interromperam, na tarde de hoje (5), na Arena Corinthians, em São Paulo, a partida entre Brasil e Argentina, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Isso porque quatro jogadores argentinos não respeitaram a quarentena imposta pelo governo brasileiro por causa da pandemia da Covid-19. A  Conmebol confirmou a suspensão da partida. Os atletas Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero entraram de forma irregular no país ao negar que estiveram anteriormente no Reino Unido, o que exigiria que fossem submetidos a quarentena. Três deles entraram em campo como titulares. Após a interrupção do jogo, os atletas argentinos foram para os vestiários. Apesar de a Anvisa ter notificado a Associação Argentina de Futebol (AFA) de que os atletas não poderiam deixar o hotel em que a delegação argentina estava concentrada, todos foram para o estádio.


VEJA MAIS

0 Comentários

07

ago

2021

Após nocaute espetacular, Hebert ganha ouro em Tóquio

Postado por: keller stocco

O baiano Hebert Conceição, de 23 anos, é campeão olímpico no boxe. Na madrugada de hoje (7), ele alcançou o feito ao derrotar na final do peso médio (até 75kg) das Olímpiadas de Tóquio 2020, o ucraniano Oleksandr Khyzhniak. Para faturar a medalha de ouro, nocauteou o rival no terceiro round, a 1min29 do fim, com um cruzado demolidor, que entrou para a história do boxe nacional. Agora, ele se junta a Robson Conceição, medalhista de ouro nos Jogos do Rio, como boxeadores campeões olímpicos pelo Brasil. Antes da final olímpica de Hebert, os pugilistas do país já haviam disputado outras duas no boxe: em 2012, com Esquiva Falcão, que foi prata, e em 2016, com Robson.

Canoagem

Ainda na madrugada deste sábado, Isaquias Queiroz conquistou no Canal Sea Forest, na baía de Tóquio, a medalha de ouro na prova do C1 1000m da canoagem velocidade, com o tempo de 4m04s408. Agora, ele soma quatro medalhas olímpicas em sua carreira (o ouro de Tóquio e duas pratas e um bronze da Rio 2016). Foi o único brasileiro em toda a história a conquistar três metais em uma única edição do megaevento. Ele também ostenta 12 pódios em Campeonatos Mundiais (dos quais seis ouros) e quatro em Jogos Pan-Americanos (três ouros).

Medalhas

O Brasil tem 18 medalhas no Jogos Olímpicos de Tóquio. Os já conquistaram seis de ouro, quatro de prata e oito de bronze. Além dessas medalhas, há outras três asseguradas: uma para Bia Ferreira (boxe), outra para a seleção de futebol masculino e mais uma para a seleção feminina de vôlei, todas classificadas para finais em suas modalidades.


VEJA MAIS

0 Comentários

05

ago

2021

Olímpiadas: Pedro Barros ganha prata no skate e Brasil iguala Rio-2016

Postado por: keller stocco

O Brasil igualou o recorde de medalhas em uma edição das Olímpiadas. Com a prata de Pedro Barros (imagem) no skate park na madrugada de hoje (5), o país soma agora 19 medalhas garantidas nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, mesma marca do Rio-2016. Por enquanto, o Brasil tem quatro ouros, quatro pratas e oito bronzes. Além disso, tem outros três pódios garantidos – um no futebol e dois no boxe.


VEJA MAIS

0 Comentários

04

ago

2021

Ana Marcela ganha ouro na maratona aquática

Postado por: keller stocco

A brasileira Ana Marcela Cunha, de 29 anos, considerada uma das maiores nadadoras de águas abertas do mundo, conquistou na noite de hoje (3) a medalha de ouro na maratona aquática de 10km nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A baiana cravou o tempo de 1h59min30s08. Foi a segunda medalha do país em provas de maratona aquática nas Olimpíadas desde que o evento foi incluído em Pequim 2008. Em 2016, Poliana Okimoto havia levado o bronze no Rio de Janeiro. Agora, o Brasil tem 15 medalhas, sendo quatro de ouro, três de prata e oito de bronze.


VEJA MAIS

0 Comentários

03

ago

2021

Martine e Kahena conquistam ouro nos Jogos Olímpicos

Postado por: keller stocco

As brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze são bicampeãs olímpicas. Hoje (3), elas conquistaram medalha de ouro na classe 49erFX da vela nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Para repetirem o feito alcançado no Jogos do Rio de Janiero, em 2016, a dupla ficou na terceira posição na medal race, realizada na Baía de Enoshima. Também nesta terça-feira, no atletismo, Alison Brendom dos Santos ganhou o bronze nos 400 metros com barreiras ao cravar o tempo de 46,72 na final da prova. Agora, o Brasiln 12 medalhas, sendo três de ouro, três de prata e seis de bronze. Além disso, há três outras asseguradas na disputa do boxe.


VEJA MAIS

0 Comentários

01

ago

2021

Rebeca ganha ouro nos Jogos Olímpicos

Postado por: keller stocco

Rebeca Andrade conquistou mais um feito histórico nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Depois de ganhar a medalha de prata no individual geral e se tornar a primeira brasileira medalhista olímpica na ginástica artística, ela foi conquistou ouro no salto na madrugada de hoje (1). É a primeira vez que uma brasileira sobe duas vezes ao pódio em uma única edição das Olímpiadas. Rebeca volta a disputar a final do solo com o Baile de Favela nesta segunda-feira, às 5h57 (horário de Brasília). E na noite deste sábado, o nadador Bruno Fratus ganhou bronze na prova dos 50 metros livres. O brasileiro teve o tempo de 21s57, e se sagrou o nono nadador do país a subir ao pódio do megaevento em esportes individuais. Agora, o Brasil tem dez medalhas, sendo duas de ouro, três de prata e cinco de bronze.


VEJA MAIS

0 Comentários

31

jul

2021

Luisa e Laura conquistam bronze inédito nas Olímpiadas

Postado por: keller stocco

Com uma virada sensacional, Luisa Stefani e Laura Pigossi, conquistaram hoje (31) a primeira medalha do tênis brasileiro na história das Olímpiadas. Elas conquistaram o bronze nos Jogos de Tóquio com a vitória na disputa do terceiro lugar sobre as russas Elena Vesnina e Veronika Kudermetova por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/4 e 11/9. Para isso, tiveram uma espetacular reação no match tie-break, em que chegaram a estar perdendo por 7/2, e fizeram os últimos seis pontos para conquistar a inédita medalha. Com a liderança de Laura, a número 23 do mundo no ranking de duplistas da WTA, elas fizeram um duelo equilibrado, após um começo ruim no primeiro set e, principalmente, no match tie-break diante das atuais vice-campeãs de Wimbledon, definido com uma espetacular virada. Até então, o melhor desempenho do tênis brasileiro nas Olímpiadas havia sido o quarto lugar de Fernando Meligeni em 1996, nos Jogos de Atlanta.


VEJA MAIS

0 Comentários

29

jul

2021

Rebeca ganha 1ª medalha olímpica do Brasil na ginástica artística feminina

Postado por: keller stocco

A ginasta Rebeca Andrade, de 22 anos, se tornou a primeira brasileira a conquistar uma medalha na ginástica artística dos Jogos Olímpicos. Durante a madrugada de hoje (29), ela ganhou prata no individual geral. Com 57,298 pontos, a paulista de Guarulhos, só ficou atrás da americana Sunisa Lee, que somou 57,433 pontos e manteve o domínio do país na prova. O bronze foi para a russa Angelina Melnikova, com 57,199 pontos. Agora, o Brasil tem sete medalhas, sendo uma de ouro, três de prata e três de bronze.


VEJA MAIS

0 Comentários

POSTS RECENTES

Páginas:123456»