14

mar

2019

JAIR HENRIQUE É CONVOCADO PARA SELEÇÃO BRASILEIRA PARALÍMPICA

Postado por: keller stocco

Jair Henrique, 24 anos, aluno do curso de Educação Física da Faculdade de Americana e atleta de lançamento de dardo pela equipe da Associação Paraolímpica de Campinas/APC, recebeu no último dia 8 de março uma das mais esperadas notícias da sua trajetória como paratleta.

Jair foi convocado para a Seleção Brasileira Paralímpica para competir no Open Brasil Loterias Caixa de Atletismo, que compõe o programa do Grand Prix do World Para Athletics, principal circuito chancelado pelo Comitê Paralímpico Internacional – IPC, que acontece nos dias 25,26 e 27 de abril, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

“Venho trabalhando forte desde o ano passado quando conquistei o recorde das Américas na terceira fase do Campeonato Brasileiro das Loterias Caixas. Acredito que estes resultados positivos tenham colaborado para a minha convocação. Estou muito feliz com essa oportunidade!”, comentou Jair.

Na FAM, o aluno é querido por todos. Para Evandro Murer, coordenador do curso de Educação Física, se depender da torcida, Jair estará no Japão. “Acreditamos que o Jair tem um grande potencial, pois o mesmo demonstra seu envolvimento no curso de Educação Física aqui na FAM e temos a certeza que o Jair irá representar o Brasil nas Paralimpíadas em Tokyo em 2020″, afirmou.

 Com 1,28 m, Jair é portador de nanismo e compete na categoria F40/F41. Descobriu o esporte em 2009, na cidade de Araçatuba/SP, através de um tio cadeirante, que também foi lançador. A treinadora da equipe na época fez o convite para Jair conhecer o esporte.

Em 2011, chegou a profissionalização em Campo Grande/MS. Já em 2015, de mudança com a família, chegou em Americana e entrou na equipe da cidade, por onde defendeu por 2 anos.

Em 2018, Jair foi convidado para defender a equipe da APC/Campinas. “A APC me abriu as portas com uma grande estrutura para eu buscar resultados melhores na minha carreira e tem dado certo. Consegui ganhar 10 metros neste período de treinos”, disse.

Ainda em 2018, os números de Jair na categoria F40 levaram o paratleta a ser o segundo melhor lançador de dardos do mundo pelo IPC.

Mesmo com os bons resultados, Jair busca patrocínio para continuar alcançando marcas ainda mais surpreendentes. “Agradeço a FAM e a APC pelo apoio, porém, para continuar nos treinos e competições estou em busca de outros parceiros que possam patrocinar e me ajudar a continuar no esporte”, afirmou.

Jair deve ir para a competição junto com a delegação brasileira no dia 21 de abril.

Fonte e imagem: Assessoria de Imprensa.


VEJA MAIS

0 Comentários

16

dez

2018

‘PAPO DE PORCO’ REALIZA CAMPANHA PARA O HOSPITAL SEARA EM AMERICANA

Postado por: keller stocco

O grupo de whatsapp “Papo de Porco” formado por torcedores do Palmeiras, realizou uma campanha de arrecadação de produtos de higiene pessoal para o Hospital Seara, em Americana.

De acordo com um dos líderes do grupo, o representante comercial, Júlio Miglioretti, foram arrecadados R$4.201,00, e com esse valor foram adquiridos 252 frascos de shampoo, 216 escovas de dente, 200 unidades de creme dental, 952 sabonetes, 136 desodorantes e 1.145 aparelhos de barbear.

Vários membros do grupo fizeram a entrega do material neste sábado (15) na sede da entidade localizada no Jardim Brasil.

PAPO DE PORCO

O grupo foi criado e idealizado pelos Palmeirenses, Júlio Miglioretti e Marcio Zulian, em Agosto de 2017. Atualmente possui 257 membros, número máximo permitido pelo whatsapp. “A ideia é realizar duas campanhas por ano para as entidades da cidade, uma por semestre, como nós fizemos nesse ano 2018. Agradeço a todos que colaboraram e conto com o apoio dos Palmeirenses para 2019”, definiu Júlio. Vídeo: Júlio Miglioretti.

 

 

 

 

 


VEJA MAIS

0 Comentários

01

dez

2018

ALUNOS DA ESCOLA DE GOLEIROS CAMISA 1 VISITAM CT DO SÃO PAULO

Postado por: keller stocco

Na manhã dessa sexta-feira, 30 de novembro, seis alunos da Escola de Goleiros Camisa 1, tiveram um dia especial ao visitarem o Centro de Treinamento do São Paulo Futebol Clube, na Barra Funda, na capital.
Os seis garotos puderam conhecer toda estrutura do Centro de Treinamentos do clube, acompanharam parte do treinamento dos goleiros e, por fim, conversaram com os treinadores de goleiros Marco Antônio Trocourt e Octávio Ohl. E ainda, tiraram fotos e pegaram autógrafos com os goleiros do elenco principal do time – Sidão, Jean e Lucas Perri.
A escolha desses seis jovens goleiros do projeto: Felipe Monteiro – 9 anos;Estevan Ribeiro – 14 anos;Cauã Lacerda – 12 anos; Enzo Gonçalves – 10 anos; Guilherme Rodrigues -12 anos e Guilherme Barion – 13 anos; não foi à toa ou por motivos aleatórios. Eles foram escolhidos como os alunos “Paredão do Mês”.
O “Paredão do Mês” – que surgiu de uma ideia construída entre a coordenação do projeto, o ex preparador de goleiros do Corinthians, Mauri Lima, hoje na Arábia e “padrinho” do projeto” e a HO Soccer, empresa que fornece material esportivo para os alunos do projeto – funciona como uma competição interna, na qual os alunos acumulam pontos, mês a mês, em avaliações realizadas pelos professores em quatro aspectos: notas de defesas, comportamento, frequência e boletim escolar.
A cada mês, os alunos recebem suas pontuações – que são acompanhadas por todos, de forma pública – e ao final do ano, os seis que mais contabilizaram pontos são convidados para uma visita ao Centro de Treinamento de um grande clube.
“A responsabilidade do nosso projeto está para além dos treinos, pois a equipe de professores e diretoria tem como objetivo agregar valores importantes na formação do caráter de nossos alunos. Com isso proporcionamos muitas atividades extras para aumentar o conhecimento de nossos jovens”, afirmou Vander Batistella, fundador e atual coordenador do projeto.
Para o aluno Guilherme Barion a visita ao CT representa “Uma conquista muito grande de ter ganhado o paredão do mês, do ano, e a expectativa é grande ne, porque todo mundo acho que luto pra conseguir e estar indo pro São Paulo, e pra mim, ter conseguido no meio de muitos goleiros é muito bom. Eu acho muito legal ne, porque eu posso pegar coisas deles e transformar no meu treino, transferir coisas boas para o meu treino para poder me aperfeiçoar com goleiros profissionais.”
 A Escola de Goleiros “Camisa 1” é um projeto social desenvolvido em Americana, desde 2005, e é a primeira escola de goleiros do Brasil. Anualmente, o projeto oferece aulas gratuitas de futebol, com enfoque especial na formação de goleiros, para 110 meninos e meninas da região de Americana, com faixa etária entre 07 e 18 anos.
Fonte e Imagem: Alex Ferreira.


VEJA MAIS

0 Comentários



POSTS RECENTES