ALUNO DE AMERICANA GANHA MEDALHA DE OURO EM OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA


O prefeito de Americana, Omar Najar, visitou, nesta quarta-feira (8/5), a Escola Municipal do Ensino Fundamental (Emef) Florestan Fernandes, do bairro Morada do Sol, para parabenizar o aluno Kaynan Lima de Matos, de 13 anos de idade, premiado com medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática da Escola Pública(OBMEP). Ele vai receber a medalha no dia 7 de julho em Salvador, BA.

Quarenta e três alunos e dois professores da rede municipal de ensino de Americana foram premiados na Olimpíada. Destes, 37 estudantes vão receber medalhas de menção honrosa; 2 ganharam medalhas de bronze, um, de prata e um, de ouro. Os professores vão ganhar diplomas de homenagem e livros de apoio à formação matemática.

“Fico feliz que Americana tenha se destacado na Olimpíada de Matemática com o nosso querido aluno Kaynan. Espero que ele continue assim, estudioso. Se destacar neste mundo em que vivemos é um passo importante para ter êxitos em seus desafios”, ressaltou o prefeito.

“É uma grande honra estar aqui com vocês hoje. Parabéns especial ao pai e à mãe de Kaynan. A Secretaria Municipal de Educação reconhece e parabeniza os professores e alunos pelo honroso prêmio, motivo de orgulho para a rede municipal de Americana”, disse a secretária de Educação, Evelene Ponce Medina, estendendo os parabéns para todos os alunos e professores premiados.

“Normalmente sou um aluno dedicado na escola. Em casa gosto de pesquisar aqueles assuntos da escola que tenho pouco conhecimento”, disse Kaynan, que não acreditou que receberia o prêmio. “Primeiro procurei a medalha de bronze. Quando vi que foi ouro achei que tinham colocado errado. Não acreditei. Achei que era um sonho. Foi uma surpresa muito grande”, disse sorrindo.

“Eu acreditei. Foi um esforço do aluno. Ele é muito dedicado. Parabéns”, disse a professora de matemática, Renata Bosso. “Sabia que seria de ouro. Para a escola é um grande marco. É a primeira vez que a Emef recebe uma medalha de ouro. Ficamos orgulhosos pelo dever cumprido. Significa a valorização de nosso trabalho e o empenho em conjunto de todos os professores”, afirmou.

Presentes na cerimônia os pais de Kaynan, Francisco Alves e Eliana Matos, se sentiam orgulhosos, sentados ao lado dele. “Para a gente é um prêmio. Para o pai é uma maravilha”, confessou Alves. “Estou com a emoção a mil. Muito feliz. Eu sempre acreditei na capacidade dele”, disse Eliana.

A cerimônia contou com as presenças de alunos, professores, funcionários e da diretora da Emef, Maria Pedroso. A aluna Mara Declave leu o “Poema Matemático”, de Millôr Fernandes. A professora Renata explicou o que é a OBMEP. A aluna Naioby de Oliveira leu sobre o “Dia Nacional da Matemática”, comemorado em 6 de maio. O aluno Rafael Maldonado leu o poema, “a matemática é determinante em sua vida” e a aluna, Sofia Liasch, o poema, “Mar Português”, de Fernando Pessoa.

A OBMEP

Mais do que testar o conhecimento matemático dos alunos, a Olimpíada busca despertar o interesse pelo estudo dos números por meio da lógica, raciocínio e criatividade, com perguntas divertidas, explorando o lado prático e sua abordagem no dia a dia. Em 2018, a mais importante competição científica brasileira teve 54.496 escolas participantes, superando o número de instituições inscritas no ano anterior (53.231).

Destinada a estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3ºano do Ensino Médio, a OBMEP é realizada pelo IMPA, (Instituto de Matemática Pura e Aplicada), e promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Criada em 2005 para estimular o estudo da matemática e identificar talentos na área, a OBMEP tem como objetivos principais: Estimular e promover o estudo da Matemática.

Professores premiados:

Solange de Oliveira Villalta – Emef Paulo Freire

Tania Duarte                        – Emef Paulo Freire

Alunos premiados

Medalha de Ouro               Kaynan Lima de Matos    –     Emef Florestan Fernandes (nível 1 –  6º ao 7º ano)

Medalha de Prata

Arthur Magalhães Bertipaglia   –  Emef Paulo Freire (nível 1)

Medalha de Bronze

Mateus de Oliveira –              Emef Jonas Correa de Arruda Filho

Hillary Castilho Peres    –       Emef Paulo Freire

Os dois alunos são do nível 2 (8º ao 9º ano)

Fonte e imagem: Assessoria de Imprensa.


Facebook

Publicado em: 8 de maio de 2019 Autor: keller stocco Categoria: CIDADES


www.depositosaomanoel.com.br