25

mar

2019

A Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) Canil da Guarda Civil Municipal (GCM) prendeu na manhã desta segunda-feira (25) um procurado da justiça por furto na Vila Jones, em Americana.

A equipe da ROMU, Brunelli, Sandro e M. Alves, constatou um mandado de prisão contra um padeiro de 37 anos, morador em Sumaré. O rapaz foi encaminhado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) e transferido para a cadeia de Sumaré.


VEJA MAIS

25

mar

2019

A Polícia Militar prendeu no começo da tarde desta segunda-feira (25) um procurado da justiça no São Francisco, em Santa Bárbara D’Oeste.

As equipes da 2ª Companhia (CIA) do 19º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPMI), soldado Fernandes, soldado Machado, sargento Pereira, cabo Cássio e soldado Cazari, abordaram o rapaz na rua Tupis. Através de pesquisa nominal, foi constatado mandado de prisão na lei de entorpecentes. O acusado foi encaminhado para o 3º Distrito Policial (DP).

DETENÇÃO:

Ainda nesta segunda, a equipe da 2ª CIA do 19º BPMI, cabo Versano e soldado Colombo, abordou um homem na avenida Doutor José Claudio Venturelli, no Jardim dos Orquídeas. Os militares constataram um mandado de prisão no regime aberto. O rapaz foi liberado no DP.


VEJA MAIS

25

mar

2019

A Polícia Civil (PC) identificou nesta segunda-feira (25) o autor do assassinato de um agricultor de 60 anos, em Limeira.

De acordo com o Tv Jornal de Limeira, no final da tarde de domingo (24), José Alves de Souza, de 60 anos, estava no quintal do seu sítio na Água Espraiada, quando foi atingido por 2 tiros, e faleceu no local. O autor dos disparos, tem 26 anos, e é conhecido na região. A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) deverá solicitar ao poder judiciário a prisão do acusado. Até o fechamento dessa matéria, o rapaz ainda não havia sido preso. A motivação do crime está sendo apurada. Imagem: Facebook/Tv Jornal.


VEJA MAIS

25

mar

2019

O sistema de vigilância de estados e municípios e toda a população devem reforçar os cuidados para combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. O alerta do Ministério da Saúde é devido ao aumento dos casos de dengue no país, que passaram de 62,9 mil nas primeiras 11 semanas de 2018 para 229.064 no mesmo período deste ano (até 16 de março). A incidência, que considera a proporção de casos em relação ao número de habitantes, tem taxa de 109,9 casos/100 mil habitantes até 16 de março deste ano. O número de óbitos pela doença também teve aumento, de 67%, sendo grande parte no estado de São Paulo.

O secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Wanderson Kleber, reforça que a melhor forma de evitar o agravamento e as mortes por dengue é com diagnóstico e tratamento oportunos. “O Brasil vem de dois anos seguidos com baixa ocorrência de dengue, portanto é necessário que os profissionais de saúde estejam atentos a esse aumento de casos. É preciso que eles estejam mais sensíveis e atentos para a dengue na hora de fazer o diagnóstico. Quanto mais cedo o paciente for diagnosticado e der início ao tratamento, menor o risco de agravamento da doença e de evoluir para óbito”, explica Wanderson.

Ainda de acordo com o secretário, apesar do aumento expressivo no número de casos, a situação ainda não é considerada uma epidemia. No último ano de epidemia no país, em 2016, foram registrados 857.344 casos da doença no mesmo período. Contudo, ele reforça que é preciso intensificar as ações de combate ao Aedes aegypti para que o número de casos de dengue não continue avançando no país.

Alguns estados têm situação mais preocupante, por apresentarem alta incidência da doença, ou seja, estão com a incidência maior que 100 casos por 100 mil habitantes: Tocantins (602,9 casos/100 mil hab.), Acre (422,8 casos/100 mil hab.), Mato Grosso do Sul (368,1 casos/100 mil hab.), Goiás (355,4 casos/100 mil hab.), Minas Gerais (261,2 casos/100 mil hab.), Espírito Santo (222,5 casos/100 mil hab.) e Distrito Federal (116,5 casos/100 mil hab.).

A região Sudeste apresentou o maior número de casos prováveis (149.804 casos; 65,4 %) em relação ao total do país, seguida das regiões Centro-Oeste (40.336 casos; 17,6 %); Norte (15.183 casos; 6,6 %); Nordeste (17.137 casos; 7,5 %); e Sul (6.604 casos; 2,9 %). As regiões Centro-Oeste e Sudeste apresentam as maiores taxas de incidência, com 250,8 casos/100 mil hab. e 170,8 casos/100 mil hab., respectivamente.

Em relação aos óbitos, os profissionais devem ficar atentos. O aumento neste ano é de 67% em relação ao mesmo período de 2018, passando de 37 para 62 mortes. Destaque para o estado de São Paulo, que registrou 31 óbitos, o que representa 50% do total registrado em todo o país.

Fonte: Agência Saúde


VEJA MAIS

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Limeira prendeu na manhã de domingo (24), um criminoso de 27 anos, acusado de roubar um carro, em Santa Bárbara D’Oeste.

Por volta das 8h40, os patrulheiros abordaram o rapaz com um Fox ano 2010 de SBO, no Jardim Morro Azul. O acusado admitiu o assalto, e disse que vendeu um estepe e outros acessórios do veículo. O suposto receptador não foi encontrado. O assaltante morador no Conjunto Roberto Romano, em Santa Bárbara D’Oeste, foi encaminhado para o Plantão Policial (PP), em Limeira.

ROUBO:

O roubo aconteceu por volta da 1h00, na Praça Dona Carolina. Uma jovem de 21 anos, foi ameaçada pelo criminoso armado com uma faca. Além do carro, a bolsa da vítima também foi roubada.


VEJA MAIS

 Fonte: jcnet.com.br / Imagem: Facebook

 


VEJA MAIS

A Polícia Militar prendeu na manhã de domingo (24) uma dupla de criminosos após tentativa de furto a uma fábrica de bicicletas no Jardim São Paulo, em Americana.

A equipe da 1ª Companhia (CIA) do 19º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPMI), cabo Fugioka e soldado J. Luiz, recebeu uma solicitação e seguiu para o local. Os militares com o apoio de outras equipes, prenderam os acusados de 27 e 32 anos. A dupla tentou furtar dois quadros de bicicleta. No imóvel, houve arrombamento de uma das portas. Os criminosos foram encaminhados para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) e autuados em flagrante. Imagem: PM


VEJA MAIS

25

mar

2019

O governo acompanha atentamente as primeiras movimentações de caminhoneiros no País, que ameaçavam dar início a nova paralisação. A classe entende que os principais compromissos assumidos pelo governo Michel Temer no ano passado não estão sendo cumpridos.

Os monitoramentos são feitos pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), que tem por missão se antecipar aos fatos para evitar problemas para o governo. As investigações apontam que teve início uma articulação por meio de mensagens de WhatsApp, que já começam a falar em paralisações para o dia 30 de março. O governo quer evitar, a todo custo, que qualquer tipo de paralisação aconteça. Não quer, nem de longe, imaginar que pode enfrentar o mesmo problema que parou o País no ano passado.

Os primeiros dados são de que, neste momento, o movimento não tem a mesma força percebida no ano passado, mas há temor de que os caminhoneiros possam se fortalecer e cheguem ao potencial explosivo da última greve. Dentro do Palácio, o objetivo é ser mais ágil e efetivo e não deixar a situação sair de controle por ficarem titubeando sobre o assunto, como aconteceu com o ex-presidente Michel Temer, no ano passado.

Na semana passada, Wallace Landim, o Chorão, presidente das associações Abrava e BrasCoop, que representam a classe de caminhoneiros, teve reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Chorão também teve encontro com a diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e, ontem, se reuniu com o secretário executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio.

Segundo Landim, os ministros disseram que, até a próxima semana, o próprio presidente Jair Bolsonaro deve se manifestar sobre os pedidos dos caminhoneiros. Na pauta de reivindicações da classe estão três pleitos. O primeiro pedido diz respeito ao piso mínimo da tabela de frete. Os caminhoneiros reclamam que as empresas têm descumprido o pagamento do valor mínimo e cobram uma fiscalização mais ostensiva da ANTT. A agência, segundo Landim, prometeu mais ações e declarou que já fez mais de 400 autuações contra empresas.

O segundo item da pauta é o preço do óleo diesel. Os caminhoneiros querem que o governo estabeleça algum mecanismo para que o aumento dos combustíveis, que se baseia em dólar, seja feito só uma vez por mês, e não mais diariamente.

Wallace Landim afirma que não é a favor de uma paralisação no próximo dia 30, porque acredita que o governo tem buscado soluções, mas diz que “o tempo é curto” e as mudanças estão demorando. “Não acredito que deva ocorrer greve no dia 30, mas paralisações não estão descartadas. Estamos conversando.”

Por meio de nota, o Ministério de Infraestrutura declarou que, no Fórum dos Transportadores Rodoviários de Cargas realizado ontem, esteve reunido com lideranças do setor e ouviu as demandas. O governo confirmou que tratou do piso mínimo, pontos de paradas e descanso e o preço do óleo diesel.

Fonte: Jornal O Estado de São Paulo


VEJA MAIS

25

mar

2019

Um adolescente de 15 anos foi detido com drogas na tarde de domingo (24) no Jardim dos Lírios, em Americana.

A equipe da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) da Guarda Civil Municipal (GCM), sub inspetor Santos, Donato, Montalvão e Dinael, abordou o infrator na rua dos Gaviões, e apreendeu 14 porções de maconha e R$40,00. De acordo com a GCM, o adolescente afirmou que comercializa entorpecentes das 14h à 00h, e recebe pelo “trabalho” R$360,00. O menor de idade foi encaminhado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ). Imagem: GCM


VEJA MAIS

24

mar

2019

O Apoio Tático (AT) da Guarda Civil Municipal (GCM) apreendeu no sábado (23) drogas no Parque Olaria, em Santa Bárbara D’Oeste.

A equipe do AT, sub inspetor Cainelli, Ferreira e Siloni, abordou o jovem com 1 bicicleta, R$59,00, 1 celular e 1 pedaço de papel com anotações sobre o comércio de drogas. Na sequência, os patrulheiros encontraram em uma área verde 34 pinos com cocaína. O jovem foi encaminhado ao Plantão Policial (PP) e liberado pela autoridade da Polícia Civil (PC). Imagem: GCM


VEJA MAIS



POSTS RECENTES

Páginas:1234567...523»