VEREADOR QUER OBRIGATORIEDADE DE COLETA SELETIVA EM EVENTOS DE AMERICANA


O vereador Rafael Macris (PSDB) protocolou na tarde desta sexta-feira (27) um projeto de Lei que determina aos geradores e organizadores de eventos públicos, a obrigatoriedade de realizarem os serviços de coleta seletiva dos resíduos sólidos secos gerados durante os eventos e que os mesmos sejam destinados para as cooperativas ou associações de catadores legalmente estabelecidas no município de Americana.

O objetivo é que a coleta seletiva dos resíduos sólidos secos (latinhas, lacre das latinhas, garrafas pet, tampinhas de garrafas, copos, lacre dos copos, materiais plásticos, ferros, cobres, metais, eletrônicos, papéis, papelões e vidros) seja obrigatória nas atividades e eventos realizados nos espaços públicos municipais e particulares de Americana.

Para o autor da propositura, a aprovação deste projeto contribuirá com o meio ambiente e na geração de emprego, através do aumento do recolhimento dos materiais recicláveis. “Além de gerar uma conscientização da população, esse tipo de ação também irá fomentar o desenvolvimento sustentável, contribuindo para que os resíduos sólidos se encaminhem aos seus devidos lugares”, ressaltou o autor da propositura.

A coleta a que se refere esta Lei será destinada às Associações e Cooperativas que tenham convênios e suas inscrições regularizadas na Prefeitura de Americana. Os promotores de eventos só poderão destinar os resíduos sólidos secos para outras empresas mediante declaração emitida por Associações e Cooperativas dos Catadores de Materiais Recicláveis devidamente inscritas na prefeitura e contendo a informação de que são incapazes de realizar a coleta destes resíduos.

Fonte e imagem: Assessoria de Imprensa


Facebook

Publicado em: 28 de abril de 2018 Autor: keller stocco Categoria: POLITICA


POSTS RECENTES

www.depositosaomanoel.com.br