PREFEITURA DE AMERICANA ALTERA ESQUEMA DE SENHAS PARA VACINA CONTRA A FEBRE AMARELA


Para minimizar os transtornos causados nas filas pela busca da vacina de febre amarela nas unidades, a Secretaria da Saúde iniciou nesta quinta-feira (25) um novo esquema de distribuição das senhas. A quantidade de vacinas aplicadas por unidade não irá mudar, ou seja, continua sendo 100 doses para cada período, porém agora, ao esgotar esse número, os funcionários irão distribuir outras senhas para o restante das pessoas na fila para a semana seguinte.

Dessa forma, indivíduos que não conseguirem ser vacinados no dia, terão oportunidade de sair com a senha em mãos e a certeza de que serão vacinados na semana seguinte ou na subsequente.

A medida foi idealizada e solicitada pelo secretário de Saúde, Gleberson Miano, em reunião realizada na tarde de quarta-feira (24) com técnicos da Vigilância Epidemiológica. “Acreditamos que dessa forma o acesso à vacina será feito de maneira mais humanizada e vai reduzir o número de pessoas que viram a noite na fila”, pontuou Miano.

Para melhor controle, além da distribuição de senhas sequenciais, também será exigido o comprovante de endereço e a carteira de vacinação, principalmente das crianças, que serão dispensadas caso os pais ou responsáveis deixar de apresentá-la.

O secretário de Saúde destaca que o município não está realizando uma campanha de vacinação contra a febre amarela, mas apenas cumprindo o protocolo da Secretaria Estadual da Saúde, ofertando as doses aos que irão se deslocar para áreas de risco. “A população precisa compreender que não estamos em campanha, somente deve tomar a vacina quem realmente irá viajar, pois não existe transmissão da febre amarela no município”, esclareceu.

 

Quem deve tomar a vacina?

A vacina é contraindicada para pessoas com histórico de alergia a ovo, bebês com idade abaixo de nove meses, gestantes (em qualquer fase da gestação), mulheres que estejam amamentando, imunossuprimidos (baixa imunidade), pessoas que estejam em tratamento com radioterapia/quimioterapia, portadores de doenças autoimunes e doenças hepáticas, pessoas que já tomaram a vacina anteriormente, além de portadores de HIV/AIDS, que somente poderão tomar após avaliação médica. Os idosos só poderão ser vacinados após avaliação médica, portanto, somente será aplicada mediante carta atestada pelo profissional.

Abaixo, os locais e horários dos postos de vacinação para quem irá se deslocar às áreas de risco ou viagens internacionais:

Segunda – Feira: 7h30 – UBS Jardim São Paulo, rua das Poncianas, 900, e ESF Jaguari, rua Lupicínio Rodrigues, 165.

Terça – Feira: 7h30 – UBS São Domingos, rua Salvador Giordano, 320. Às 12h30 – UBS Mathiensen, rua das Alfazemas, 310.

Quarta – Feira: 7h30 – UBS São Vito, rua Chucri Zogbi, 540. Às 12h30 – UBS/ESF São José (Praia Azul), rua Agostinho Turrão, 150.

Quinta – Feira: 7h30 – UBS Ipiranga, rua Itambé, 236. Às 12h30 – ESF Mario Covas, rua Aliança, 648.

Sexta – Feira: 7h30 – ESF Jardim Brasil, rua Benedito Aparecido Bertossi, 48. Às 12h30 – UBS Parque das Nações, rua Austrália, 300.

 


Facebook

Publicado em: 26 de janeiro de 2018 Autor: keller stocco Categoria: CIDADES


POSTS RECENTES

www.depositosaomanoel.com.br