VACINAÇÃO CONTRA PÓLIO E SARAMPO É ANTECIPADA PARA SÁBADO (4)


Entre os dias 6 e 31 de agosto será realizada em todo o território nacional a campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite, porém no estado de São Paulo o início da campanha será antecipado para o sábado, dia 4 de agosto, considerado como dia D. A Secretaria Estadual da Saúde definiu que o dia 18 de agosto também será um dia D para intensificação. Durante a campanha, crianças de um ano a menores de cinco anos de idade deverão receber as vacinas, mesmo as que estiverem em dia com o calendário vacinal.

Em Americana todas as 17 unidades básicas de saúde irão oferecer as vacinas, de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 16h30.  Já no dia D (sábado) o atendimento será das 8h às 17h em 15 unidades básicas e um posto volante que irá atender a população do pós-represa. As unidades que irão participar do dia D são a dos bairros Vila Mathiensen, Praia Azul, São Vito, Jardim Ipiranga, Jardim Alvorada, Cariobinha, Antônio Zanaga, São Luiz, Jardim Brasil, São Domingos, São José (região da Praia Azul), Parque da Liberdade, Parque das Nações, Residencial Mário Covas e Jardim São Paulo. Na região do pós-represa será montado um posto volante na comunidade do Sobrado Velho, que também irá atender a população residente no assentamento Milton Santos.

Os motivos que levaram o estado de São Paulo ampliar de um para dois dias, o período de intensificação (dia D), foram a baixa cobertura vacinal dos últimos anos, a grande epidemia de sarampo de 1.997, que resultou em aproximadamente 20 mil casos e também o fato de que a última campanha englobando esta faixa etária ocorreu há mais de quatro anos.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Simone Maciel, explica que esta campanha será indiscriminada, já que mesmo crianças que receberam a vacina em anos anteriores deverão ser novamente vacinadas. “Gostaria de fazer um alerta para os pais ou responsáveis que tiverem crianças nesta faixa etária, independente da situação vacinal, que as levem a uma unidade básica de saúde para receberam a dose adicional e assim ficarem protegidas contra essas doenças tão graves”, explicou.

De acordo com Simone, um dos principais motivos para receber a vacina adicional é que muitos indivíduos não respondem imunologicamente à primeira dose, por isso a necessidade do reforço além da rotina.

Segundo informações do sistema SINASC (Sistema de Informação dos Nascidos Vivos) e do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) existem atualmente no município 9,5 mil crianças com idade entre um e cinco anos incompletos.

A Secretaria Estadual da Saúde destinou ao município 11.750 doses da vacina contra a poliomielite e 3.800 doses contra a tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola. Essa quantia foi dimensionada para ser utilizada no dia D, já que durante a semana as unidades estarão abastecidas para a vacinação de rotina e também no reforço à campanha que seguirá até o dia 31 de agosto.

Fonte: Assessoria de Imprensa.


Facebook

Publicado em: 1 de agosto de 2018 Autor: keller stocco Categoria: SAUDE


POSTS RECENTES

www.depositosaomanoel.com.br